Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- Copa Libertadores -

Você está aqui:

09.04.15 Copa Libertadores / Futebol

Galo vence o Santa Fe de novo e ganha força na Libertadores

16471723534_f808cfb993_zO Atlético ganhou força na luta pela classificação às oitavas de final da Copa Bridgestone Libertadores da América ao vencer o Independiente Santa Fe por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Os gols foram marcados por Carlos e Guilherme.

A partida foi válida pela 4ª rodada do Grupo 1, que tem o Colo-Colo na liderança, com nove pontos, Atlético e Santa Fe, ambos com seis pontos, e Atlas, com três.

O time colombiano ocupa a segunda colocação da chave por ter um gol marcado a mais que o Galo.

Na 5ª rodada, na próxima quarta-feira, o Atlético enfrentará o Atlas, no México, enquanto o Colo-Colo receberá o Santa Fe, em Santiago, no Chile.

Antes, o Galo voltará à Arena Independência para disputar o primeiro clássico da semifinal do Campeonato Mineiro, domingo, às 16h.

GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA:

O JOGO

A partida começou com alta intensidade e muita marcação no meio-campo. No primeiro ataque alvinegro, aos seis minutos, Marcos Rocha tentou enfiada de bola para Lucas Pratto e a defesa colombiana conseguiu interceptar o passe.

Em seguida, Luan foi à linha de fundo pela direita e tentou surpreender o goleiro finalizando quase sem ângulo, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 12 minutos, Rafael Carioca roubou a bola na intermediária, acionou Dátolo e o argentino tocou para seu compatriota Lucas Pratto desviar de cabeça e deixar Carlos em ótimas condições de finalizar com precisão e abrir o placar na Arena Independência: Galo 1 x 0.

Pouco depois do gol, Luan cruzou com perigo pela direita e a zaga colombiana conseguiu fazer o corte. Aos 18 minutos, Carlos sofreu falta pela esquerda e a cobrança de Dátolo saiu pela linha de fundo.

O Galo pressionava e, aos 21, Luan cruzou pela direita para o corte do zagueiro. No rebote, Donizete chutou de fora da área, à direita do gol.

Aos 25 minutos, Carlos recebeu bom passe de Mar cos Rocha na grande área, mas acabou deixando a bola escapar. Aos 39, Victor afastou, de soco, o cruzamento de Omar Pérez.

Aos 41, Lucas Pratto recebeu passe de Carlos na entrada da área e ajeitou a bola para o chute de Luan, defendido pelo goleiro Castellanos. Na última oportunidade, Lucas Pratto cruzou pela direita e a bola atravessou a grande área.

SEGUNDO TEMPO

O Galo retornou do intervalo com a mesma formação. Aos oito minutos, Marcos Rocha recebeu a bola na entrada da área e concluiu por cima do gol.

No ataque seguinte, Luan concluiu, a bola bateu no braço do zagueiro e a arbitragem mandou seguir o lance.

Aos 12 minutos, Dátolo cobrou falta pela esquerda, Jemerson tentou o cabeceio e a bola sobrou para Lucas Pratto finalizar rente ao travessão.

Dois minutos mais tarde, Morelo, que já deveria ter sido expulso quando deu carrinho por trás em Donizete e recebeu cartão amarelo, fez outra falta para cartão amarelo, desta vez em Marcos Rocha, e não foi advertido pelo árbitro.

Aos 27 minutos, Carlos foi substituído por Guilherme. Sete minutos depois, foi a vez de Luan deixar o campo para a entrada de Cardenas.

Aos 39, Jemerson fez desarme providencial após cruzamento pela esquerda do ataque colombiano. Dois minutos depois, Dátolo foi substituído por Josué.

Aos 44, Pratto tabelou com Guilherme e finalizou para a defesa de Castellanos. No minuto seguinte, Guilherme recebeu lançamento de Victor e chutou duas vezes para fazer o segundo gol do Galo e dar números finais ao jogo.

Antes do apito final, Cardenas quase ampliou em chute cruzado de fora da área.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 2 x 0 INDEPENDIENTE SANTA FE
Motivo:
Copa Bridgestone Libertadores da América – Grupo 1 – 4ª rodada
Data: 9/4/2015
Hora: 21h45
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Carlos (12′), Guilherme (90′)
Público pagante: 21.237
Renda: R$948.690,00
Árbitro: Andres Cunha (URU)
Auxiliares: Mauricio Espinosa (URU) e Miguel Nievas (URU)
Cartões amarelos: Lucas Pratto, Leonardo Silva, Leandro Donizete, Guilherme (Atlético); Morelo (Independiente Santa Fe)

Atlético
Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Dátolo (Josué) e Luan (Cardenas); Carlos (Guilherme) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Independiente Santa Fe
Andres Castellanos; Anchico, Yerry Mina, Francisco Meza e Ricardo Villarraga; Juan Roa, Daniel Torres, Dario Rodriguez (Luis Paéz) e Luis Arias; Omar Pérez e Morelo (Miguel Borja). Técnico: Gustavo Costas.

Publicado 09 de abril de 2015, às 21:46.