Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- Campeonato Brasileiro -

Você está aqui:

02.09.15 Campeonato Brasileiro / Futebol

Novamente prejudicado pela arbitragem, Galo perde na Arena

21099111355_7c82d34d0b_zBastante prejudicado pela arbitragem de Marcelo de Lima Henrique (ESP-1/PE), o Galo voltou a atuar com um a menos em boa parte do jogo e perdeu por 1 a 0 para o Atlético-PR, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, com um gol marcado na cobrança de um pênalti inexistente. O confronto foi válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mesmo com um a menos, o Galo pressionou bastante e desperdiçou várias oportunidades de gol. Na próxima rodada, o adversário será o Vasco, sábado, às 19h30, no Maracanã.

O JOGO

20912989219_bda0193188_zO Atlético-PR teve a primeira chance da partida no chute de Ewandro, defendido por Victor. O Galo respondeu na falta sofrida por Luan pela direita, Dátolo cruzou e a defesa paranaense afastou o perigo.

Aos seis minutos, Dátolo fez novo levantamento para a grande área em cobrança de falta da intermediária e o goleiro Weverton saiu do gol para fazer a defesa. Marcos rocha sofreu falta pela direita e, após a cobrança, a arbitragem assinalou falta de Jemerson no goleiro.

Thiago Ribeiro fez boa jogada pela esquerda aos 21 minutos e chutou cruzado para fora. Aos 25, Patric cruzou pela esquerda e a bola atravessou a pequena área. No ataque seguinte, pelo lado direito, Lucas Pratto tentou fazer o corta-luz e o zagueiro ficou com a bola.

Aos 32 minutos, Thiago Ribeiro recebeu ´timo passe de Giovanni Augusto e finalizou para a defesa de Weverton. A bola ainda pegou no travessão depois da defesa do goleiro paranaense.

O Galo pressionava e, aos 35, Dátolo cruzou pela esquerda e Jemerson, de frente para o gol, raspou a cabeça na bola, mas não conseguiu concluir.

Lucas Pratto recebeu excelente passe de Luan na grande área, aos 37, e finalizou para fora, rente à trave. Aos 41 minutos, a arbitragem assinalou impedimento inexistente de Thiago Ribeiro, que ficava cara a cara com o goleiro.

Na mesma linha do último defensor paranaense, Luan também teve impedimento inexistente assinalado instantes depois. Aos 50 minutos, Giovanni Augusto cruzou pela direita e Lucas Pratto cabeceou para a defesa de Weverton.

SEGUNDO TEMPO

21099781565_22bf05222e_zO Atlético retornou do intervalo com Mansur no lugar de Thiago Ribeiro. Aos três minutos, após jogada entre Luan e Patric, Lucas Pratto recebeu a bola em ótimas condições e concluiu para fora.

Aos dez minutos Mansur cruzou pela esquerda e o zagueiro conseguiu cortar antes que a bola chegasse a Lucas Pratto.

Depois de não marcar falta clara em Giovanni Augusto na entrada da área, o árbitro Marcelo de Lima Henrique assinalou pênalti inexistente de Victor em Ewandro, aos onze minutos. Valter fez a cobrança e abriu o placar para a equipe visitante.

Aos 22, Weverton defendeu o chute de Patric. Seis minutos depois, Victor fez grande defesa no chute de Daniel Hernández.

O Galo levou perigo no cruzamento de Giovanni Augusto pela direita, cortado pela defesa do Atlético-PR. Aos 37, Mansur foi substituído por Carlos César e Giovanni augusto por Cardenas.

Dois minutos mais tarde, Pratto recebeu passe na mesma linha do defensor paranaense e a arbitragem assinalou mais um impedimento inexistente contra o Galo.

O Alvinegro ainda teve chances com Luan, Lucas Pratto e Cardenas, mas não chegou ao gol de empate.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 0 x 1 ATLÉTICO-PR
Motivo: Campeonato Brasileiro – 22ª rodada
Data: 02/09/2015
Hora: 21h
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Valter (57′)
Público pagante: 12.064
Renda: R$ 428.355,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (ESP-1/PE)
Auxiliares: Elan Vieira de Souza (CBF-1/PE) e Marlon Rafael Gomes de Oliveira (CBF-2/PE)
Cartões amarelos: Luan, Patric, Jemerson, Cardenas (Atlético); Wellington, Weverton, Sidcley, Daniel Hernández (Atléico-PR)
Cartão vermelho: Marcos Rocha (Atlético)

Atlético
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Patric; Leandro Donizete, Dátolo, Giovanni Augusto (Cárdenas) e Luan; Thiago Ribeiro (Mansur) (Carlos César) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Atlético-PR
Weverton; Matheus Ribeiro, Wellington, Kadu (Gustavo) e Sidcley; Deivid, Hernani, Daniel Hernández e Marcos  Guilherme;Dellatorre (Walter) e Ewandro (Nikão). Técnico: Milton Mendes.

Publicado 02 de setembro de 2015, às 21:01.