Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- Futebol -

Você está aqui:

10.04.15 Futebol / Profissional

Pierre se despede agradecendo apoio da Massa

9364495854_4635297c4f_zA tarde desta sexta-feira na Cidade do Galo foi de euforia pela grande vitória sobre o Independiente Santa Fe, pela Libertadores, e também de despedida. O volante Pierre acertou a sua rescisão de contrato com o Galo e acertou sua ida para o Fluminense.

O jogador leu uma carta de despedida em que agradeceu o apoio da torcida e exaltou os grandes momentos vividos vestindo a camisa alvinegra, com a qual disputou 171 jogos e conquistou uma Copa Libertadores, uma Recopa Sul-Americana, uma Copa do Brasil, dois Campeonatos Mineiros e um vice-campeonato Brasileiro.

Confira a íntegra da carta escrita pelo volante:

“À mais apaixonada, mais vibrante, que me acolheu. À torcida do “Eu acredito”. É com lágrimas nos olhos que venho me despedir. E, junto com a minha despedida, gostaria de agradecer primeiramente ao Deus Pai, todo poderoso,  por me conceder a oportunidade de vestir a camisa do Atlético e viver as minhas maiores alegrias. Alegrias essas que vieram com muito sacrifício, com muita luta e reviravoltas. E, enfim, com muitos títulos. Saio daqui com um filme na minha cabeça. Desde à minha chegada em 2011, quando heroicamente conseguimos tirar o Atlético do rebaixamento. E logo em seguida vieram grandes conquistas. Como Mineiro, Libertadores, Recopa e Copa do Brasil. Mas como diz a palavra de Deus, muitos são os planos do homem. Mas o que prevalece é a vontade de Deus. E junto com a vontade, chegou o dia de um novo desafio. De uma nova etapa na minha vida. Chegou o dia da minha partida. Chegou o dia da minha despedida. Saio daqui por onde cheguei, pela porta da frente. E deixo um legado de coisas boas. De bom profissional. De amizades verdadeiras, de caráter, enfim, obrigado Clube Atlético Mineiro. Obrigado presidente Kalil, presidente Daniel Nepomuceno, grupo de atletas. Deixo grandes irmãos. Obrigado funcionários, obrigado diretoria, obrigado comissão técnica e, por fim, torcida do “eu acredito”. Obrigado pelo carinho, paciência, e um grande abraço do eterno Pitbull”.

Publicado 10 de abril de 2015, às 17:12.