Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- História -

Você está aqui:

19.12.14 História

Há 43 anos, Oldair Barchi erguia o troféu do 1° Brasileiro em pleno Maracanã

6538908545_57ef7171f9O dia 19 de dezembro ocupa um lugar especial na memória dos Atleticanos, especialmente neste ano de 2014, em que morreu o capitão Oldair Barchi.

Há exatos 43 anos, ele erguia a Taça de Prata em pleno Maracanã, simbolizando a conquista do primeiro Campeonato Brasileiro pelo Atlético.

Naquele ano, a decisão foi disputada em triangular que também envolvia o São Paulo.

A equipe paulista foi derrotada pelo Galo por 1 a 0, no Mineirão, com Oldair marcando em cobrança de falta aos 30 minutos do segundo tempo.

Depois da goleada por 4 a 1 do São Paulo sobre o Botafogo,  no Morumbi, foi a vez do Galo enfrentar o time carioca, no Rio de Janeiro.

O Maracanã foi invadido por mais de 20 mil Atleticanos, que comemoraram a conquista da equipe comandada pelo técnico Telê Santana, depois da vitória por 1 a 0. O gol foi marcado por Dario, aos 16 minutos da etapa final.

6538908659_43a5ed99cb

O Atlético teve a maior média de público da competição, com 26.836 pagantes por partida.

A equipe alvinegra se sagrou campeã com 12 vitórias, dez empates e cinco derrotas, 39 gols a favor e 22 contra.

O Alvinegro também foi aclamado “campeão da disciplina”, uma vez que não recebeu nenhum cartão vermelho e teve apenas dois jogadores advertidos com cartão amarelo durante toda a disputa.

O título de primeiro Campeão Brasileiro é simbolizado pela estrela amarela sobre o escudo atleticano.

Telê utilizou 23 jogadores na campanha do título. Renato, Vantuir, Vanderlei e Dario foram os atletas que atuaram em todas as partidas. O artilheiro do Galo e da competição foi Dario, com 15 gols.

O Campeonato Brasileiro de 1971 foi disputado por 20 clubes: Atlético, Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo, América-RJ, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Grêmio e Internacional, Coritiba, Santa Cruz, Sport, Bahia, Portuguesa, América-MG, Cruzeiro e Ceará.

CAMPANHA

 FASE

08/08 – Atlético 1 x 1 América-MG – Mineirão – Gol: Dário
15/08 – Grêmio 1 x 1 Atlético – Olímpico – Gol: Lola
21/08 – Flamengo 1 x 0 Atlético – Maracanã – Gol: Lola
25/08 – Atlético 4 x 0 Bahia – Mineirão – Gols: Lola (2), Oldair e Dário
28/08 – Sport 1 x 1 Atlético – Ilha do Retiro – Gol: Vanderlei Paiva
01/09 – Atlético 2 x 0 São Paulo – Mineirão – Gols: Dario (2)
05/09 – Atlético 2 x 1 Santos – Mineirão – Gols: Dario (2)
08/09 – América-RJ 2 x 0 Atlético – Maracanã
12/09 – Atlético 2 x 2 Botafogo – Mineirão – Gols: Dario (2)
19/09 – Ceará 0 x 2 Atlético – Presidente Vargas – Gols: Dario e Oldair
22 /09 – Corinthians 0 x 0 Atlético – Parque Antártica
25/09 – Atlético 2 x 2 Santa Cruz – Mineirão – Gols: Romeu e Humberto Ramos
03/10 – Coritiba 1 x 0 Atlético – Belfort Duart
10/10 – Atlético 1 x 1 Cruzeiro – Mineirão – Gol: Oldair
16/10 – Fluminense 2 x 0 Atlético – Maracanã
23/10 – Atlético 5 x 1 Portuguesa – Mineirão – Gols: Ronaldo, Dario, Romeu (2) e Spencer
31/10 – Atlético 3 x 1 Internacional – Mineirão – Gols: Dario e Pedrilho
6/11 – Vasco 0 x 0 Atlético – Maracanã
14/11- Atlético 0 x 0 Palmeiras – Mineirão

QUADRANGULAR SEMIFINAL
21/11 – Atlético 2 x 1 Vasco – Mineirão – Gols: Ronaldo e Humberto Ramos
25/11 – Santos 1 x 2 Atlético – Pacaembu – Gol: Ronaldo
28/11 – Internacional 1 x 4 Atlético – Beira-Rio – Gols: Dario (2), Oldair e Ronaldo
01/12 – Atlético 2 x 0 Santos – Mineirão – Gols: Oldair (2)
04/12 – Vasco 1 x 1 Atlético – Maracanã – Gol: Zé Maria
09/12 – Atlético 0 x 1 Internacional – Mineirão

TRIANGULAR FINAL
Atlético 1 x 0 São Paulo – Mineirão – Gol: Oldair
Botafogo 0 x 1 Atlético – Maracanã – Gol: Dario

ARTILHEIROS DO CAMPEONATO
Dario (Atlético): 15 gols
Mirandinha (São Paulo): 11
Toninho (São Paulo): 10
Rivellino (Corinthians): 10

ARTILHEIROS DO GALO
Dario: 15 gols
Oldair: 7 gols
Lola e Ronaldo: 4 gols
Romeu: 3 gols
Humberto Ramos: 2 gols
Vanderlei Paiva, Zé Maria, Pedrilho e Spencer: 1 gol

FICHAS TÉCNICAS DAS PARTIDAS FINAIS

ATLÉTICO 1 X 0 SÃO PAULO
Data: 12/12/1971
Local: Mineirão (Belo Horizonte)
Árbitro: 
Armando Marques
Público: 53.903
Gol: Oldair (75’)

Atlético
Renato; Humberto Monteiro, Grapete, Vantuir e Oldair; Vanderlei e Humberto Ramos; Ronaldo, Beto (Spencer), Dario e Romeu (Tião). Técnico: Telê Santana.

São Paulo
Sérgio; Forlan, Samuel, Arlindo e Gilberto; Teodoro, Édson (Everaldo) e Gérson; Terto Toninho e Paraná. Técnico: José Poy.

BOTAFOGO 0 X 1 ATLÉTICO

Data: 19/12/1971
Local: Estádio Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: Armando Marques
Público: 46.458 pagantes
Gol: Dario (61’)

Atlético
Renato; Humberto, Grapete, Vantuir e Oldair; Vanderlei, Humberto Ramos e Ronaldo; Lola (Spencer), Dario e Tião. Técnico: Telê Santana.

Botafogo
Wendell; Mura, Djalma Dias, Queirós e Valtencir; Carlos Roberto, Marco Aurélio (Didinho) e Careca (Tuca); Zequinha, Jairzinho e Nei Oliveira. Técnico: Paraguaio.

4370163409_86dbce721c

CAMPEÕES


Adilson Pereira (Bibi)
Angélio Paulino de Souza (Ângelo)
Antenor Machado Filho (Antenor)
Danival de Oliveira (Danival)
Dario José dos Santos (Dadá Maravilha)
Héctor Carlos Cincunegui de Los Santos (Cincunegui)
Humberto da Silva Ramos (Humberto Ramos)
Humberto Monteiro (Humberto)
Ismael do Amaral Filho (Ismael)
Jésus Carlos da Silva (Careca)
José Borges Couto (Grapete)
José Maria Pena (Zé Maria)
Lacy Gomes Guimarães (Lacy)
Luis de Matos Luchesi (Mussula)
Oldair Barchi (Oldair)
Onormandes Souza Lima (Normandes)
Paulo Roberto Durães Castilho (Guará)
Pedrilho Gonçalves Filho (Pedrilho)
Raimundo José Correa (Lola)
Raul Fernandes da Costa Filho (Raul Fernandes)
Renato da Cunha Valle (Renato)
Roberto Hermont Arantes (Beto)
Romeu Evangelista (Romeu)
Ronaldo Gonçalves Drumond (Ronaldo)
Ronaldo Zolini (Zolini)
Salvador Luis de Almeida (Salvador)
Sebastião Rocha (Tião)
Spencer Coelho (Spencer)
Vanderlei Paiva Monteiro (Vanderlei)
Vantuir Galdino Ramos (Vantuir)

Técnico: Telê Santana da Silva

Presidente: Nelson Campos
Vice-presidente de Futebol: Fábio Fonseca
Diretor de Futebol: Neri Campos
Diretor do departamento médico: Abdo Arges
Médico: Haroldo Lopes da Costa
Preparador físico: Roberto Bastos
Massagista: Gregório
Roupeiro: Walter Lopes
Motorista: Vigiano

Publicado 19 de dezembro de 2014, às 12:08.