Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- Campeonato Brasileiro -

Você está aqui:

17.11.18 Campeonato Brasileiro

Em noite de raça, Galo vence no Horto e segue no G6


O Atlético deu mais um passo importante na luta por uma vaga na Libertadores do próximo ano. Jogando com muita raça e com um homem a menos por quase todo o segundo tempo, o Galo venceu o Bahia por 1 a 0, na noite deste sábado, e se manteve em 6º lugar no Campeonato Brasileiro, agora com 53 pontos. Válida pela 35ª rodada da competição, a partida foi disputada na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Cazares fez o gol da vitória no Horto, em belo chute cruzado, no ângulo, aos seis minutos do segundo tempo.

Na próxima rodada, o adversário será o Internacional, quarta-feira, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

GALERIA DE FOTOS DA VITÓRIA SOBRE O BAHIA
ATLETICO X BAHIA 17.11.2018 - Campeonato Brasileiro 2018

O JOGO

O Atlético foi ao ataque pela primeira vez no cruzamento rasteiro de Patric, pela direita e a defesa baiana conseguiu cortar. Em  boa jogada pela esquerda, Cazares fez o cruzamento e Elias se atirou para tentar a conclusão, mas não conseguiu alcançar a bola.

Aos 16 minutos, Victor fez boa defesa na finalização de Paulinho. Chará arriscou de fora da área e a bola saiu à direita do gol.

Cazares cobrou escanteio pela direita e a bola sobrou para Leonardo Silva, que foi travado no momento da conclusão. Aos 23, Ricardo Oliveira cortou o zagueiro e chutou de fora da área para a defesa do goleiro Douglas.

Patric fez novo cruzamento pela direita e o goleiro saiu para fazer a interceptação. Aos 36, Cazares cobrou falta de longa distância e quase surpreendeu o goleiro, que conseguiu fazer a defesa.

Em nova cobrança de falta, Cazares levantou a bola na área e, depois das tentativas de Leonardo Silva e Luan, Maidana cabeceou para for. Aos 40 minutos, Cazares cobrou falta rente à trave, decretando o empate sem gols na primeira etapa.

O Galo voltou para o SEGUNDO TEMPO com a mesma formação e foi ao ataque no cruzamento de Patric, mas o goleiro Douglas saiu do gol para tirar de soco.

Em novo lance pela direita, Patric tentou tabela com Chará e a defesa do Bahia interceptou a devolução do atacante colombiano.

Aos seis minutos, a Massa soltou o grito de gol. Chará rolou a bola na entrada da área pela esquerda e Cazares acertou um belo chute cruzado, no ângulo, abrindo o placar no Horto: Galo 1 a 0.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Logo depois do gol, Fábio Santos foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo, lance bastante questionado pelos jogadores do Galo.

Com a expulsão, o técnico Levir Culpi recompôs a defesa, deslocando Patric para a esquerda e substituindo Ricardo Oliveira por Gabriel, que passou a atuar pelo lado direito.

Aos 24 minutos, Chará recebeu belo passe de Cazares na grande área e foi desarmado. No ataque seguinte, Cazares cobrou escanteio fechado e quase fez gol olímpico, mas Douglas conseguiu a defesa. Em seguida, Luan deixou o campo para a entrada de Matheus Galdezani.

Victor fez grande defesa no cabeceio de Edgar Júnio. Aos 39, Cazares foi substituído por David Terans.

O Atlético se manteve firme na marcação e, com muita luta, assegurou mais um importante resultado no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 1 x 0 BAHIA
Motivo: Campeonato Brasileiro (35ª rodada)
Data: 17/11/2018 (sábado)
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Cazares (6’/2ºT)
Público: 17.313
Renda: R$112.493,00
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (AB-SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (AB-SP) e Bruno Salgado Rizo (AB-SP)
Quarto Árbitro: Fabio Rogério Baesteiro (AB-SP)
Assistentes Adicionais: Ilbert Estevam da Silva (CD-SP) e Rodrigo Gomes Paes Domingues (CD-SP)
Cartões amarelos: Adilson, Elias (Atlético); Elber, Vinícius, Nilton (Bahia)
Cartão vermelho: Fábio Santos (Atlético)

Atlético
Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana, Fábio Santos, Adilson, Elias, Luan (Matheus Galdezani), Cazares (Terans), Chará e Ricardo Oliveira (Gabriel).
Técnico: Levir Culpi.

Bahia
Douglas; Bruno, Tiago, Jackson (Allione), Paulinho, Nilton (Vinícius), Gregore, Flávio, Élber, Ramires (Gilberto) e Edgar Júnio.
Técnico: Enderson Moreira.

Publicado 17 de novembro de 2018, às 23:08.