Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- Comissão Técnica -

Você está aqui:

25.11.16 Comissão Técnica

Diogo Giacomini confia na reação em Porto Alegre

31233779475_1534cf31ec_z
“O grupo ainda acredita, o Atlético acredita, é muito forte e vamos buscar isso”, afirmou o técnico interino Diogo Giacomini. Ele acredita que o Atlético tem totais condições de fazer um grande jogo na capital gaúcha e conquistar o bicampeonato da Copa do Brasil.

“Estou encarando como mais um passo na carreira. Agradeci ao presidente a confiança do clube, para uma finalíssima de Copa do Brasil, para a tentativa de reverter um placar. Conheço muito os atletas, trabalhei muito tempo com todos da base que jogam na equipe e, com os outros, trabalhei nesse curto espaço de tempo ano passado, no profissional, e acompanho o dia a dia do trabalho. Então, minha ideia para esta reta final é que a gente consiga fazer alguns  ajustes para que a equipe se apresente bem e consiga os objetivos”, disse o treinador.

O comandante do time alvinegro observou que, apesar da vantagem da equipe gaúcha ser considerável, o Galo tem força para reverter o resultado e levantar a taça na Arena do Grêmio.

“Em um confronto entre Atlético e Grêmio, dois gigantes do futebol brasileiro, e se tratando uma finalíssima, dois gols de frente é uma vantagem considerável, mas não é impossível. Tanto eu como os atletas já vivenciamos momentos assim. A gente sabe que, no futebol, isso é possível. O Atlético é um gigante do futebol brasileiro e tem força para ir lá na Arena do Grêmio fazer um grande jogo. Temos elenco e jogadores tarimbados para isso, para chegar lá e encarar essa decisão”, analisou.

“Tenho certeza que, na quarta-feira, o Atlético vai apresentar uma cara de Atlético, de intensidade, vibração e entrega no jogo, fazendo de tudo para buscar esse título. Sinto que os jogadores estão mordidos com o jogo de quarta-feira. A distância dos elencos não é a que se apresentou no jogo e acho que, quarta-feira, tem tudo para fazer um jogo diferente”, acrescentou Diogo.

Curiosamente, Grêmio e Chapecoense foram os adversários do Galo no final do ano passado, quando Diogo Giacomini comandou a equipe nos dois últimos jogos do Brasileirão.

 

Publicado 25 de novembro de 2016, às 15:27.