Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

PT EN ES

- Campeonato Mineiro -

Você está aqui:

13.03.17 Campeonato Mineiro

Roger Machado destaca volume de jogo da equipe


O volume de jogo apresentado pelo Atlético na goleada por 4 a 0 sobre o Tupi, na noite desta segunda-feira, na Arena Independência, foi destacado pelo técnico Roger Machado. O confronto com a equipe de Juiz de Fora foi válido pela 7ª rodada da fase classificatória do Campeonato Mineiro.

“Hoje, o volume de jogo foi muito grande. O adversário veio fechado e conseguimos encontrar os espaços”, afirmou o treinador atleticano. Segundo ele, a entrada de Cazares no lugar de Danilo foi uma mudança tática, estratégica, imaginando que o adversário viria fechado.

“Nos outros jogos em casa em que o adversário se fechou bem e não nos permitiu espaço, principalmente dentro do seu campo, eu estava abrindo a equipe da mesma forma no segundo tempo. Hoje, resolvi fazer desde o começo para que a gente construísse a nossa vantagem, abrisse o placar no primeiro tempo, como aconteceu. A questão de deixar o time mais leve é justamente perder um pouco a capacidade de tomar a bola do adversário. Quero repetir essa escalação, mas vai depender do adversário e se o jogo é dentro ou fora de casa. Mas, de toda forma, foi muito bem de um modo geral”, comentou.

O comandante alvinegro disse que ficou satisfeito com a produtividade ofensiva do time. “Se todos contribuírem de forma defensiva, dentro do processo de retomada de bola, é claro que é muito mais produtivo ter esses jogadores que têm essa qualidade de jogar dentro da defesa adversária com pouco espaço justamente para contribuir nesses eventos. Mais do que isso, a capacidade de aproximação, com o lateral, o Cazares por dentro, o Robinho por fora, do outro lado o Otero, com o Elias entrando mais dentro do campo do adversário e produzindo essas linhas de passe, as coisas fluíram bem. Hoje, foi uma amostra importante”, avaliou.

Roger Machado concluiu elogiando a participação do atacante Luan, que fez a sua estreia na temporada.

“Já haviam me alertado que a torcida começaria a chamar o nome do Luan. Ele tem um carisma muito grande com o torcedor porque se entrega até a última gota quando está em campo. Colocá-lo para jogar hoje foi bastante especial porque vem de um período de inatividade e a gente vai construindo esse lastro físico que ele precisa para ter essa intensidade durante os jogos. Foi bom, ele contribuiu dentro do processo ofensivo e pressionando. Ele vai ser muito importante porque consegue ter um momento ofensivo forte, principalmente servindo de ponte para o Rocha chegar à linha de fundo e construir a jogada ofensiva, e se organiza rapidamente na retomada”, observou.

Publicado 13 de março de 2017, às 23:22.