Do you prefer the english version? Click here! X

Clube Atlético Mineiro

- Campeonato Mineiro -

Você está aqui:

04.03.17 Campeonato Mineiro

Roger Machado avalia que postura defensiva do Villa impôs dificuldade


Perguntado se a dificuldade encontrada pelo Atlético para vencer o Villa Nova, neste sábado, na Arena Independência, teve alguma relação com a expectativa para a estreia de quarta-feira na Libertadores, o técnico Roger Machado afirmou que não vê nenhuma relação. Segundo ele, a postura excessivamente defensiva do adversário é que causou problemas para o Galo.

“Não acredito que a estreia de quarta-feira na Libertadores tenha tido qualquer influência na dificuldade que tivemos no jogo de hoje. Ela se deu em função do adversário, que veio extremamente fechado e fez um bloco defensivo muito baixo, assim como a maioria das equipes que vem jogar contra a gente, apostando nos contra-ataques. Sem espaço para jogar, fomos criar nossa primeira oportunidade aos onze minutos, com o Danilo. Imposto por um adversário que quis pouco o jogo, fez bastante cera quando pôde, saiu na frente em um lance de bola parada, nos deu a bola para jogar e estava contra-atacando. A dificuldade foi em função disso, não teve nenhuma ligação com o jogo de quarta”, analisou o treinador.

Roger Machado comentou a mudança que fez ainda no primeiro tempo do jogo, quando tirou Yago para a entrada de Cazares.

“Você tem que ler o que o jogo está pedindo e, naquele momento, eu não podia esperar ir para o intervalo e fazer a substituição na segunda etapa. Não é uma situação que me agrada, fazer uma substituição dessa porque o Yago vinha bem o jogo. Foi uma questão tática, de ter o Cazares mais leve à frete da linha da bola e poder levar um jogador a mais com qualidade de decidir o jogo para a entrelinha do adversário, no pouco espaço que tinha. Era o que o jogo estava pedindo e vi essa necessidade de fazer ainda no primeiro tempo”, disse o comandante alvinegro.

Publicado 04 de março de 2017, às 20:09.